Qual o modelo de inovação escolher?

Uma empresa pode optar por abrir seu processo de inovação ou mantê-lo fechado. Isso depende do planejamento estratégico, que define o melhor modelo de inovação. Mas, você sabe quais as diferenças entre a inovação aberta e a fechada?

O termo open innovation, ou inovação aberta, em português, foi desenvolvido por um pesquisador da Universidade da Califórnia em 2003 e ganhou apropriações para o mundo empresarial. Esse modelo aberto é desenvolvido em processos colaborativos, buscando referências fora da empresa, em universidades e hubs, por exemplo.   As empresas se estabelecem nesses locais para desenvolver os processos de inovação com a colaboração de outras instituições, pesquisadores e pensadores.

Também é uma possibilidade de inovação aberta a criação de conexões entre empresas para dar origem a clusters de P&D (Pesquisa e Desenvolvimento). Essa possibilidade contribui para reunir os melhores talentos de diferentes empresas em um único espaço e ampliar a troca de ideias em busca de mais soluções inovadoras.

Já a inovação fechada acontece, exclusivamente, dentro da empresa. Nesse caso, o conjunto de ideias, novos produtos e novas tecnologias será desenvolvido pelos profissionais da empresa. Normalmente, cria-se um departamento de inovação com especialistas para propor soluções aos desafios apresentados.

Os modelos de inovação aberta e fechada podem, ainda, ser trabalhados em conjunto. Basta escolher e planejar.

 

Compartilhe:
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on google

Conteúdo Relacionado